Arquivo da tag: dia dos namorados

Amor, Tumor: P.S. Eu Te Amo

Postado por Luis Calil


P.S. Eu Te Amo gerou algum tipo de febre quando foi lançado em DVD algumas semanas atrás, e por mais que febres aconteçam de vez em quando (como pude perceber na malfadada posição de atendente de locadora), a desse filme foi particularmente violenta. A procura por ele começou um bom tempo antes do lançamento, e a lista de reserva foi gigantesca. E não era marketing – as pessoas estavam realmente gostando dele, e o indicando excitadamente para outras pessoas. Falavam sobre o filme como se estivessem lembrando de uma grande paixão de colegial com intenso carinho. Até o meu chefe se emocionou.

“Mas que porra é essa?”, eu pensei. O que havia acontecido? Quais eram os elementos mágicos que os criadores dessa nova e aparentemente banal comédia-romântica-dramática haviam usado para conquistar meus clientes? Olhando no IMDB, nota-se que o filme arrecadou nos cinemas dos EUA pouco mais que o seu orçamento. Será que ele é um filme feito para locadoras? (E que características esses filmes teriam?) Ou será que há algum ingradiente na receita que afeta particularmente o brasileiro (e.g. retardação)? Ao ver o trailer, o nevoeiro começou a se dissipar, e eu tive alguns palpites sobre o misterioso sucesso de P.S. Eu Te Amo.

CONTINUE LENDO>

15 Comentários

Arquivado em Cinema

Links do Dia: 12/06/08

1. “Abaixo o Amor”: Inaugurando os links do Dia dos Namorados, uma entrevista onde um psiquiatra explica que casamento e amor romântico são conceitos ultrapassados. Em outras notícias, hahaha, o Corinthians tá sendo zoado na internet inteira, até em matérias que não tem absolutamente nada a ver com futebol:

[As colunas e programas de rádio que eu faço não me trazem clientes. Às vezes, só atrapalham. Em 1982, aceitei trabalhar com o Corinthians. Era a democracia corinthiana. Foi um balde de água fria na clínica. Imagine só, o Corinthians! Não foi o tipo de notícia que meus pacientes gostaram de ouvir. Eu fiquei lá dois anos. Meu pai ficava chocado com essas coisas, porque naquele tempo médico de bom nível não fazia essas coisas.]

CONTINUE LENDO>

Deixe um comentário

Arquivado em Links do Dia