Arquivo da tag: fãs

Grizzly Bear “AmericanIdolizam” Seu Novo Single

Postado por Luis Calil


michael_mcdonald

Ele meio que lembra um urso. Polar.

Pense na sua música favorita desses últimos tempos. Qualquer uma. Agora imagine que a banda decidiu remover a gravação vocal original, que você já conhece tão bem quanto a palma da sua mão [1]. Apreensivo? Imagine então que o cantor que eles decidiram chamar pra gravar um vocal substituto é o Ed Motta. A não ser que a música que você escolheu seja do Ed Motta, a idéia deve soar no mínimo maliciosa.

Foi justamente isso que a devidamente venerada banda indie-folk-rock-psicodélico-etc Grizzly Bear decidiu fazer pro lado-b do novo single deles, “While You Wait for the Others”. O convidado foi Michael McDonald, o equivalente americano a essa modalidade de cantores soul/brega tipo Ed Motta, Fábio Junior, etc. De acordo com essa entrevista, McDonald é fã da banda, e foi inicialmente convidado só pra adicionar alguns backing vocals aqui e ali (como se essa banda, onde todos os membros cantam em praticamente todas as músicas, precisasse de mais backing vocals). Acabou que eles gostaram tanto das adições do barbudo grisalho que decidiram empurrar de lado o vocal maravilhosamente tremido e aveludado de Dan Rossen e colocar a monstruosidade que é a voz de McDonald no cockpit.

O resultado é monstruosamente divertido. Escutem:

CONTINUE LENDO>

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Música

Observações Sobre o Show do The National e os Eventos Subseqüentes…

…em Ordem Semi-Cronológica.

Postado por Luis Calil


*Não havia ninguém quando chegamos – nós sendo eu, Didier, Ana Paula e Kain, todos aparentemente fanáticos por The National (eu, é claro, sendo o mais pateticamente fanático – provavelmente de toda a platéia) – o que me fez pensar por alguns instantes que o The National tocaria pra uma platéia de 100 pessoas. Obviamente o número acabou aumentando pra pelo menos umas 600 quando a banda entrou no palco, e não é como se eles nunca tivessem tocado pra menos gente, especialmente considerando que o Brasil é um país tropical subdesenvolvido no qual rock independente não é exatamente um enorme chamativo. Mas mesmo assim, o fã em mim queria que eles recebessem a resposta apropriada ao talento.

*Falando em fãs, percebi que durante a noite, eu tomei várias atitudes cuja natureza tiética (derivado de tiete) não podia estar mais óbvia e clara. A primeira delas foi comprar um botão que estavam vendendo lá, com uma foto do Barack Obama, escrito “Mr. November” embaixo. Eu gosto do Obama, eu gosto da “Mr. November”, a idéia é cômica e pertinente (se há um refrão que eu espero que Barack cante num hipotético show de rock democrata, seria “I won’t fuck us over, I’m Mr. November”), e estava barato. Ainda sim, eu não vou ter muito uso pra esse botão agora.

CONTINUE LENDO>

12 Comentários

Arquivado em Música